Alcoolismo em idosos: saiba o que fazer

love-863505_1280Com mais acesso à saúde, a expectativa de vida aumentou e, com isso, vemos também crescer proporcionalmente o alcoolismo em idosos. Este tipo de problema é comum, desde pessoas que sempre beberam, mas pioraram na terceira idade; até outras que não tinham este costume e passaram a ter. Saiba o que fazer nos casos de alcoolismo em idosos.

Por que um idoso começa a exagerar no álcool? Esta é uma das perguntas mais comuns para quem sofre com um ente próximo. Segundo o Prof. Dr. Armando Miguel Júnior, especialista em geriatria, o idoso tem a sensação de perda. “A maioria vive na ociosidade, aposentados, já perderam algum ente querido ou amigos, têm patologia de base ou já tiveram internação hospitalar, tem insônia, muitos são abandonados pela família, e não têm motivação alguma. Bebem para aliviar a tensão do dia a dia e esquecer as mágoas.”

Por tratar de uma faixa etária em que geralmente já tem uma saúde mais sensível, é comum que o alcoolismo em idosos provoque piora e desgaste físico e mental. Doenças como a hipertensão arterial sistêmica, pulmonar obstrutiva crônica, diabetes, tuberculose, cardiopatias, distúrbios gastrointestinais estão entre as inúmeras patologias que podem ter sua evolução complicada pelo alcoolismo. E o controle médico dessas doenças pode ser difícil devido o álcool.

Sinais de alcoolismo em idosos
Os sinais e sintomas de alcoolismo em idosos não são difíceis de reconhecer, embora geralmente ele necessite de menos doses para tal do que uma pessoa de 30 anos, por exemplo. Em idosos também é comum a presença de sintomas como quedas repetitivas, desnutrição, diarreia, fraqueza, esquecimento, insônia, instabilidade afetiva e depressão. Vale lembrar que como alguns sintomas também podem ser de outras doenças é preciso ficar atento.

Tratamento de alcoolismo em idosos
Assim como qualquer idade, o alcoolismo deve ser tratado. Cabe ao idoso e sua família procurarem ajuda dentro das opções que mais adapta ao alcoolista, como Alcoólicos Anônimos, CAPS, clínica especializada, entre outros. [Fonte: http://www.alcoolismo.com.br]

Anúncios

Pilates: qualidade de vida na terceira idade

Joseph Pilates desenvolveu um método revolucionário para manter os músculos fortes e flexíveis: o Pilates.

A atividade tem o objetivo de fortalecer os músculos, alongar e aumentar a mobilidade das articulações, e os seus benefícios são: fortalecer e melhorar a postura da coluna vertebral, aumentar a flexibilidade, tônus e força muscular, aliviar as tensões, estresse e dores crônicas.

Confira no vídeo abaixo os benefícios do pilates para os idosos:

Bellatrix Indica – Amor

amor_arteplural

O filme francês, lançado em 2012, conta a história de um casal de idosos com mais de 80 anos que vivem juntos. George e Anne são professores de música erudita. A filha, também musicista, vive fora do país com o marido.  Um dia, Anne é vítima de um derrame, e o amor que une este casal é posto à prova.

 

 

 

Se interessou por esta bela história? Então, assista ao trailer:

 

Terceira idade mais produtiva!

No dia do trabalho vamos fazer uma homenagem àqueles que já passaram dos 60 anos, mas ao invés de se aposentarem e curtirem a aposentadoria ainda estão na ativa!

De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e o Ipea (Instituto de Pesquisa), em 2001, havia 4,6 milhões de brasileiros com idade superior a 60 anos ativos profissionalmente, no entanto, nos últimos 10 anos, esse número passou para 6,3 milhões.

O aumento da expectativa de vida e as melhores condições de trabalho atualmente favorecem que o idoso, mesmo aposentado, continue a exercer sua função naturalmente, seja para complementação de renda, seja por puro prazer.

Para se manter na ativa até o fim da vida, algumas atitudes devem ser tomadas enquanto jovens, por exemplo: manter uma alimentação saudável, não fumar, beber moderadamente, praticar atividades físicas, evitar o estresse e viver perto de quem se gosta são algumas medidas que ajudam você a se manter jovem por muitos e muitos anos!

O crescimento econômico também ajudou a terceira idade a se destacar no mercado, fazendo com que as empresas revissem seus requisitos e exigências. A qualidade desses “antigos” profissionais, mais comprometidos e dispostos a vestir a camisa da empresa e que utilizam o tempo a seu favor, sem se esquecer de valorizar as relações humanas, transmitindo experiência e conhecimento, passou a ser valorizada pelo mercado.

Segundo o Ministério de Trabalho, em 2010, cerca de 14,21% das 44 milhões de vagas de emprego do país estavam ocupadas por pessoas com mais de 50 anos.

Deixamos aqui também nosso muito obrigado a todos os colaboradores do Bellatrix, que fazem do convívio profissional e do dia a dia muito mais agradáveis!

 

DSC04387 DSC04380 DSC04379 DSC04375 DSC04309 DSC03819 DSC03813 DSC038128

Ana Maria Molinari dá palestra em curso de cuidadores

A diretora técnica do Bellatrix, Ana Maria Molinari, dará a palestra “Introdução ao Cuidado da Geriatria/ Gerontologia” no 14º Curso de Cuidador de Idosos, promovido pelo Nutricentro, da Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba).  A palestra acontece hoje, das 16h às 18 horas.

Entre os temas abordados estão: os cuidados com o idoso, a importância de interagir com ele, alertar o cuidador sobre a questão dos maus-tratos, explicando sobre os tipos de maus-tratos, além de outros assuntos.

Sobre o curso                          

O 14º Curso de Cuidados de Idosos acontece entre 08 de abril a 04 de junho.

Segundo Adriane Foganholo, responsável técnica do Nutricentro, o curso é realizado duas vezes ao ano e foca na promoção da saúde e prevenção de doenças crônicas na terceira idade, no tratamento de doenças e seus cuidados na visão da enfermagem, da psicologia, da farmácia, da nutrição, da assistência social, da fonoaudiologia, da fisioterapia, do direito do idoso, entre outras abordagens. “Nossa expectativa é de capacitar cuidadores domiciliares e institucionais para atuarem como cuidadores de idosos, visando a capacitação e humanização no atendimento”, comenta.